Remuneração do Auditor e a Prática de Gerenciamento de Resultados

Palavras-chave: Qualidade da auditoria, Honorários de Auditoria, Gerenciamento de Resultados.

Resumo

A auditoria independente é geralmente associada ao objetivo de garantir a confiabilidade nas informações financeiras divulgadas ao mercado. Apesar dos incentivos para a prestação de um serviço de auditoria de qualidade, notadamente o risco de litígio e o reputacional, a relação comercial existente entre a firma de auditoria e a empresa auditada pode ensejar conflitos de interesse que, em última instância, podem culminar na perda da independência. Nesse contexto, o valor dos honorários cobrados pelas firmas assume importância central na discussão sobre a qualidade do serviço prestado pelo auditor. Com base nesses aspectos, o presente estudo teve como objetivo analisar a relação entre a presença de honorários anormais de auditoria e a prática de gerenciamento de resultados por parte da empresa auditada. Os testes empíricos foram realizados com base em modelos de precificação de honorários e de gerenciamento de resultados, utilizando dados de 240 empresas não financeiras de capital aberto, entre 2009 e 2015. De forma geral, os resultados apurados indicam que, no contexto do mercado de capitais brasileiro, os honorários anormais de auditoria implicam em maior esforço da firma na prestação do serviço, culminando em maior qualidade dos trabalhos.

Publicado
2020-06-28
Seção
Artigos Científicos